Talvez Uma História de Amor | Crítica

Espera-se que comédia romântica acompanhe o relacionamento do casal do primeiro encontro ao felizes para sempre. Talvez Uma História de Amor, porém, como o próprio título sugere, não segue à risca os padrões do gênero. Afinal, o romance de Virgílio e Clara não começa com uma troca de olhares ou um encontro desastrado. Começa do fim.
Virgílio chega em casa, após mais um dia de trabalho na agência, e escuta as mensagens na sua secretária eletrônica, enquanto segue seu habitual cronograma de tarefas domésticas. Para sua surpresa, uma voz feminina que nunca … Leia a notícia completa

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!