Pulitzer premia reportagens que denunciaram Harvey Weinstein

Movimento #Metoo surgiu após denúncias
Getty Images

O jornal The New York Times e a revista The New Yorker venceram a categoria “prestação de serviço” do Prêmio Pulitzer pelas reportagens publicadas denunciando os escândalos de abusos sexuais em Hollywood no ano passado. O Prêmio Pulitzer é considerado o Oscar do jornalismo.

Os dois veículos de informação foram os primeiros a denunciar, em outubro do ano passado, os abusos cometidos pelo poderoso produtor Harvey Weinstein.

Veja também

Vítimas de abusos de Harvey Weinstein protestam no Oscar
Angelina Jolie e Gwyneth Paltrow falam sobre assédio de chefão da The Weinstein Company
Produtora de Weinstein é comprada por grupo de investidoras
Vítimas de abusos de Harvey Weinstein protestam no Oscar
Angelina Jolie e Gwyneth Paltrow falam sobre assédio de chefão da The Weinstein Company
Produtora de Weinstein é comprada por grupo de investidoras

Ele foi acusado de abusar de mais de 40 atrizes depois que as matérias foram publicadas. Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow, Ashley Judd e Lupita Nyong’o estão entre as mulheres que contaram posteriormente terem sido vítimas de Weistein.

Movimento #Metoo

Após a publicação dessas reportagens, as mulheres da indústria do entretenimento se reuniram e criaram o movimento #Metoo (Eu Leia a notícia completa

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!