Crítica | Luna – Filme nacional aborda intimidade vazada na internet

O professor discute com os alunos as alegações sobre o golpe presidencial que o Brasil sofreu em 2016, o diálogo continua como um pano de fundo e a câmera foca no rosto de Luana (Eduarda Fernandes) apreensiva que olha para o movimento ao seu redor até ir ao banheiro pegar o seu celular e olhar algo que a arrebata. Ela sai correndo até em casa, abre o laptop e ver xingamentos repetidos a exaustão. Sentindo-se humilhada Luana pedala até o local de trabalha de sua mãe e grita desesperadamente. A começar pelo seu ápice, Luna, do mineiro Cris Azzi (Sumidouro), Leia a notícia completa

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!